etimologia da mariposa.

 

Usa as
Asas a dançar
Um balé suntuoso
No escuro ousa a voar
Em direção ao luminoso
A espiral trina da luz circular
Que a confunde, atrai seu pouso
Mas a lua tanto estava a procurar
Nesse domesticado repouso
Um ofuscante brilho ímpar
Uma longa direção vazia
No chão, vira poesia
Voar… ir… ia
Maria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s